Buscar
  • Comunicação CDL Itaúna

Como o podcast pode potencializar seus negócios


Um podcast é como se fosse um programa de rádio. Porém, em vez de ter uma hora certa para ir ao ar, pode ser ouvido quando e onde você quiser, pela internet (site, plataforma de música ou áudio, aplicativo etc).


Os podcasts podem ser temáticos, contar uma história única, trazer debates ou simplesmente conversas sobre os mais diversos assuntos.


Segundo relatório publicado em outubro de 2020 pela Deezer, plataforma de streaming de áudio, o consumo de podcasts no Brasil cresceu 177% no período de 12 meses. Se forem consideradas todos os principais serviços de streaming disponíveis na web, o consumo deste tipo de conteúdo aumentou 67% entre janeiro e setembro do ano passado.


Atualmente, o Brasil é o segundo maior mercado do mundo para podcasts, atrás apenas dos Estados Unidos, informa a Podcasts Stats Soundbite.


O aumento no consumo de podcasts provou, de uma vez por todas, que este é um promissor canal de contato com o público. Se antes, essa era uma estratégia deixada de lado pela maior parte das marcas, agora é preciso prestar mais atenção.


Como o crescimento dos podcasts é recente, a ideia de usá-los em estratégias de marketing ainda é pouco explorada. Afinal, como exatamente essa iniciativa pode ajudar promoção da sua marca?


Existem tendências que servem para algum nicho, mas não funcionam para outros. Você pode estar se questionando em qual desses lados seu negócio se encontra em relação aos podcasts. Será que esse crescimento dos podcasts significa alguma coisa para a sua marca?


Os podcasts são, mais do que uma tendência, um canal de contato com o público. E ele quem vai dizer se vale a pena investir neste formato. Seus clientes estão consumindo podcasts? Se sim, de que tipo?

Confira alguns dos motivos para investir neste tipo de conteúdo:

1 – Ouvintes Atentos:

Segundo pesquisa, para 60% dos ouvintes do Spotify o consumo de podcasts é uma forma de aprendizado. Destes, 2 a cada 3 afirmaram dedicar total atenção quando estão ouvindo a produção. Portanto, com tal nível de concentração, dificilmente a sua campanha passará despercebida.

2 – Segmentação

Existem podcasts sobre todos os temas. E as pessoas escutam aqueles que tratem sobre suas paixões e assuntos de seu interesse. Por isso, são pensados e produzidos sob medida para o público alvo. Basta então sua marca encontrar o podcast que mais se identifique do da sua marca.

3 – Credibilidade

Os apresentadores de podcast têm dominância e autoridade sobre o assunto de interesse dos ouvintes. O resultado disso é a confiança do público, que respeita e valoriza suas recomendações. Já deu para entender o quanto isso é valioso para sua marca, né?

Confira algumas marcas que já estão tirando proveito do crescimento dos podcasts

Lyft:

O aplicativo de caronas concorrente do Uber, muito famoso no Estados Unidos, produziu um podcast para compartilhar experiências dos motoristas.

Mastercard:

O podcast Fortune Favors the Bold aborda a inconstância do dinheiro na vida das pessoas.

Tinder:

Ninguém com mais experiência do que o Tinder para dar conselhos amorosos.

Natura:

No Brasil, a Natura fez parceria com um dos podcasts de maior sucesso no país, o Mamilos. A colaboração gerou uma minissérie de quatro capítulos sobre os caminhos para manter uma relação mais positiva com o próprio corpo.

Bradesco:

A instituição é apoiadora do projeto “História de Ninar para Garotas Rebeldes”. O podcast é baseado no best-seller de mesmo nome.

Itaú:

O banco mantém o podcast Investcast com informações sobre o mercado para acionistas.


Agora que você já sabe o que são os podcasts e como eles podem auxiliar no crescimento da sua marca, que tal começar a bolar uma estratégia para marcar presença neste tipo de mídia?

FONTE: FCDL

7 visualizações0 comentário
Acompanhe nossas Redes Sociais:
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube