Buscar
  • Comunicação CDL Itaúna

Como ter mais segurança no ambiente digital?



Cada vez mais os usuários estão dependentes do ambiente digital. Nada mais natural, já que traz muito mais praticidade para o dia a dia, não é mesmo? É possível aproveitar a internet para fazer compras, cadastros governamentais, investimentos, transações bancárias, pedir comida e muito mais.


Diante disso, as pessoas também estão mais suscetíveis a cair em golpes virtuais e vazamento de dados. Alguns cuidados são essenciais na hora de ter mais segurança no ambiente digital. E isso é importante não só para o usuário, mas também para as empresas. Se cada um toma os cuidados necessários, a rede como um todo fica mais segura.


Por isso, preparamos aqui algumas dicas essenciais! Confira!


1 - Dê prioridade para senhas fortes

Infelizmente ainda tem quem use senhas como “12345” ou associações como datas de nascimento e o nome do pet. Com os vazamentos de dados em alta, o usuário fica ainda mais vulnerável. Escolher senhas fortes faz toda a diferença. O ideal é usar combinações aleatórias, unindo letras maiúsculas e minúsculas, símbolos e numerais.

Outra questão muito importante é diferenciar as senhas. É essencial que o seu e-mail tenha uma senha só para ele. O mesmo vale para senhas de banco e acessos relevantes.


2 - Faça autenticação em dois fatores

A maioria dos aplicativos e e-mails permite que você faça autenticação em dois níveis. É uma maneira de se certificar que é você mesmo quem está acessando. É como se você estivesse com uma camada extra de proteção, uma barreira na tentativa de acesso que apenas você pode quebra-la.

De maneira geral, as pessoas cadastram um dispositivo que deve receber um código para o acesso em um local diferente. Por exemplo, se você ou alguém tentar acessar seu e-mail em um computador onde nunca foi acessado, é necessário esse código para conseguir entrar. Essa verificação sempre muda, o que dá ainda mais segurança para o processo. Aplicativos como Gmail, Twitter, Facebook, Instagram e WhatsApp contam com esse recurso. Basta ir em configurações e autenticar.


3 - Use biometria sempre que possível

Graças aos smartphones com biometria, você pode incluir esse recurso em vários tipos de acesso digital. Use a biometria principalmente no que diz respeito a dados financeiros. É o caso de aplicativos de internet banking, loja de app e pagamentos virtuais. Se apenas com sua digital ou reconhecimento facial for feita a autorização, é muito improvável que terceiros consigam controlar essas contas.


4 - Não acesse links de pessoas e sites desconhecidos

Essa dica merece sempre ser reforçada. Evite clicar em links desconhecidos. Se você não sabe a procedência, há muita chance de ser alguém querendo ter acesso aos seus dados e, para isso, enviam vírus.

O vírus cria brechas no seu sistema, facilitando a invasão virtual, roubo de dados e acesso completo às suas contas digitais. Essa atenção deve ser redobrada em anúncios que você recebe e aparecem nas páginas de sites. Isso vale também para as publicidades aleatórias em redes sociais.


Parceria FCDL-MG e Safe Orange


A FCDL-MG, atenta às adequações quanto à segurança no ambiente digital das entidades e empresas, principalmente com a chegada da LGPD, firmou uma parceria com a Safe Orange, empresa especialista em segurança da informação.


A Safe Orange conta com diversas soluções para que o ambiente digital das empresas estejam em segurança. Não é necessário ter uma equipe especialista nem gastar com licenças de softwares para ter firewall, VPN e identificação de tentativa de acesso de terceiros. Tudo fica por conta dos especialistas da Safe Orange.


FONTE: FCDL

6 visualizações0 comentário