Buscar
  • Comunicação CDL Itaúna

Dia dos Namorados: 5 dicas para aumentar o ticket médio do seu cliente

Atualizado: 2 de jun.



Confira estratégias que podem fazer você turbinar as vendas por meio do e-commerce e do marketplace.



1. Entenda o perfil do shopper e o comportamento dos consumidores

O shopper considera o Dia dos Namorados a segunda principal data do comércio do primeiro semestre. Mas, existe uma particularidade: apesar de ele realizar a compra, quem se beneficia do presente escolhido é, em geral, seu parceiro ou parceira. Dessa forma, é preciso atentar-se para a maneira que seus produtos são comunicados para o decisor da compra, não perdendo de vista a percepção que ele tem do conceito da ocasião em si.

O Dia dos Namorados tem o potencial de se conectar com diversas audiências. Quando pensamos nas mulheres enquanto presenteadas, beleza, moda e tecnologia entram no radar e conquistam a liderança nas vendas. Então, o desafio na definição do mix correto a ser promovido na data passa por dois aspectos principais: como conquistar a influência dessa parceira ou parceiro, que estimula e influência a decisão de compra; e como recepcionar o shopper para garantir a conversão”, afirma Alessandra. 2. Visibilidade para a disponibilidade de produto

Depois de entender bem o momento dos casais que podem ser presenteados com a sua marca e de definir um mix de produtos e serviços relevante e correto, torna-se fundamental para quem busca um bom desempenho ter visibilidade imediata para duas frentes importantes do comércio digital: a disponibilidade dos itens nos canais de vendas e o estoque adequado para o período.

Com a situação mais controlada da pandemia e o retorno da circulação de pessoas é possível conferir a retomada do varejo físico. Mas, isso não significa uma redução na importância do varejo online. “Um não tira o lugar do outro. O shopper tornou-se um ser multicanal. Ele vai a uma loja, por exemplo, para ter a experimentação. Mas, muitas vezes, ele confronta o que encontra no digital, seja em e-commerce próprio ou em marketplace. Esse universo conectado tornou-se uma vitrine, um catálogo e um canal de conveniência. E, por isso, a seleção de produtos e serviços a serem promocionados para a ocasião precisam estar disponíveis e contarem com um volume suficiente para suprir a quantidade projetada para o período”, diz a especialista. 3. Ação prévia para garantir o preço adequado nos parceiros estratégicos

Ao ter visibilidade para a disponibilidade de produto e de estoque de forma antecipada, também é possível monitorar se a política de preço está sendo seguida pelos parceiros estratégicos de negócios. Isso porque, como citado acima, o comércio online é uma fonte de pesquisa importante para a estratégia de vendas.

Segundo Alessandra Couto, quando o shopper se depara com o item esgotado ou com valor totalmente destoante do acordado com o mercado, o mais comum é que ou ele busque outro canal ou site para realizar a compra ou, ainda, que entenda a mensagem errada de que aquele produto não é acessível para si (tomando aquele preço como regra) e migre para um concorrente como opção. Em ambos os casos o efeito é o contrário do pretendido pela empresa. É por isso que trabalhar de maneira antecipada com os parceiros torna-se primordial para o resultado.




Fonte: MUNDO MARKETING

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo