Buscar
  • Comunicação CDL Itaúna

LIVE sobre o programa Minas Consciente esclarece principais dúvidas dos empresários do Centro-Oeste

A ação foi uma realização da FCDL-MG (Regional Centro-Oeste), CDL Itaúna e ACE Itaúna

Foi realizada nesta quarta-feira (12/08) no canal CDL Play do Youtube, pelas entidades FCDL-MG (Regional Centro-Oeste), CDL Itaúna e ACE Itaúna, LIVE com esclarecimentos sobre o Minas Consciente do Governo de Minas. O programa é destinado à possibilidade de flexibilização das medidas de isolamento social, devido ao novo Coronavírus, de forma responsável em cada município, permitindo a retomada gradual, progressiva e regionalizada das atividades empresariais.


Participaram do encontro online, Fernando Passálio de Avelar - Secretário de Estado Adjunto de Desenvolvimento Econômico, Alan Rodrigo da Silva - Superintendente Regional de Saúde e Ana Luiza Siqueira – Coordenadora de Atenção Primária da Regional Oeste de Saúde. O bate papo foi conduzido por Maurício Gonçalves Nazaré - Vice-presidente da FCDL-MG (Centro-Oeste, presidente do CDE Itaúna e da CDL Itaúna e vice-presidente da ACE Itaúna.


No início da transmissão, o presidente Maurício Nazaré destacou a importância do programa e ressaltou o incondicional apoio do Governo de Minas na condução dos trabalhos de enfrentamento da crise, prezando pelo equilíbrio socioeconômico. “Minas saiu na frente com uma condução exemplar para que pudéssemos retomar nossos negócios com muita segurança”, destacou.


Alan Rodrigo e Ana Luiza Siqueira apresentaram e esclareceram a situação de cada microrregião da macrorregião Oeste, através de levantamento de indicadores. São ao todo 8 microrregiões.


As microrregiões de Bom Despacho, Divinópolis, Campo Belo, Pará de Minas e Formiga, pelo estudo apontavam uma situação esperada, dentro dos indicadores de corte, estando estas pertencentes a Onda Amarela de flexibilização.


Itaúna e Lagoa da Prata/Santo Antônio do Monte são microrregiões que estão numa situação de alerta, dentro da Onda Amarela. Já as microrregiões de Oliveira e Santo Antônio do Amparo, se encontram numa situação mais preocupante de acordo com os indicadores, estando estas na Onda Vermelha de flexibilização.


“Para se classificar cada macrorregião e microrregião em qual onda estarão inseridas, o estudo leva em consideração a pontuação através de 7 indicadores que avaliam números de casos, a capacidade de atendimento da rede hospitalar e a velocidade de avanço da doença (indicadores comparativos)”, destacou Ana Siqueira.


Ana Siqueira explicou ainda que Itaúna está em situação de alerta na Onda Amarela devido ao indicador de número de vagas em leito de UTI adulto, que se manteve em estado de alerta/crítico, com ocupação de 80%.


Maurício Nazaré perguntou sobre o que pode ser feito para que esses indicadores pudessem retroagir, vislumbrando um cenário mais otimista. Alan Rodrigo destacou que é fundamental o comprometimento de toda a população com os cuidados de prevenção ao Novo Coronavírus. “É fundamental que tenhamos Empatia, valor que essa pandemia deixará para todos nós, que é a forma de proteger o outro, assim como nós mesmos”, destacou Alan.


Protocolos para Abertura


O presidente Maurício Nazaré questionou os participantes da LIVE sobre questões enviadas pelos empresários que basicamente estão atreladas ao protocolo de funcionamento dos estabelecimentos Comerciais.


Sobre o provador de roupas, que hoje se determina o não uso deste ambiente, o secretário Fernando Passálio afirmou que a regra estabelece de fato que as lojas não utilizem essa prática de prova de roupas. Porém, analisou que algumas situações podem ser revistas, pois há de se considerar a troca de mercadorias que é prevista. Maurício Nazaré destacou ainda que não somente a troca, mas no caso de condicional, onde o cliente leva a mercadoria para experimentar em casa, o que estaria de fato mais propício para a propagação da doença. Fernando Passálio sugeriu que a FCDL - MG, representando todas as CDL mineiras, se manifestasse por ofício, para que esta cláusula do protocolo fosse revista na próxima terça-feira dia 18/08.


Referente aos bares e restaurantes, Alan Rodrigo da Silva destacou que todos os cuidados de prevenção devem ser colocados em prática. “Cada estabelecimento deve observar suas condições para funcionamento, colocando em prática a organização do distanciamento e ainda sim priorizar o delivery”, declarou.


Sobre a obrigatoriedade do termômetro nas lojas, Alan Rodrigo destacou que é uma medida para evitar a propagação, sendo recomendável. Alan ainda destacou que a calibração do aparelho deve ser feita constantemente. Fernando Passalio reforçou que nas lojas é uma recomendação, porém, nas academias será obrigatório.



Maurício perguntou sobre a abertura das academias que não estão contempladas na Onda Amarela, condição que se encontra o município de Itaúna. Fernando Passalio disse que as academias constam na Onda Verde. “Estamos em conversa com representantes das academias e certamente na próxima semana teremos novidade referente a esta questão”, comentou Fernando.


Após a realização da LIVE, como o tempo havia encerrado para questionamentos, Maurício perguntou sobre a possibilidade de transmissão de jogos em bares e restaurantes. De acordo com o governo, não há impeditivo neste sentido, devendo apenas observar as regras de prevenção já dispostas no protocolo. Sobre as igrejas, Fernando Passalio informou que Templos Religiosos não são atividades econômicas e, portanto, não estão dentro do Plano Minas Consciente.


Sobre o Minas Consciente


No fechamento da LIVE, o presidente Maurício Nazaré passou a palavra para o Secretário de Estado Adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, que fez um panorama sobre o programa Minas Consciente.


Fernando comentou que hoje são 477 municípios aderentes ao programa, sendo que este número equivale a 56% de todos os municípios de Minas Gerais, impactando 11,5 milhões de mineiros.


“O programa Minas Consciente tem um propósito de pensar no momento atual e pós pandemia para salvar a economia do Estado de Minas Gerais, de forma organizada, mantendo a harmonia com a preservação da saúde. O projeto busca uma breve retomada. Houve neste período aumento considerável de emissão de Notas Fiscais no Estado, o que demonstra desenvolvimento mesmo na pandemia”, destacou.


Fernando Passalio acredita no potencial de investimento para uma movimentação positiva das empresas, visando a superação do momento atual. "A economia está voltando. Nós atraímos este ano até julho, R$11 bilhões em investimento para o Estado. No primeiro semestre do ano passado, nós atraímos R$4,7 bilhões, ou seja, crescemos mais durante a Pandemia", destacou.


“O auxílio emergencial foi importante para a movimentação econômica e ajuda financeira para os mais atingidos pela pandemia. Nós temos ainda ciência das dificuldades e visão que burocracias devem ser revistas. O "Minas Livre Para Crescer" é um programa que fará com que o Estado fique mais enxuto, menos burocrático, mas simples e melhor. Temos que pensar no que tínhamos e repensar no que teremos”, finalizou Fernando Passalio.


Maurício encerrou agradecendo a participação dos agentes do Governo do Estado de Minas Gerais, ressaltando que a pandemia vai deixar um exemplo de união de esforços públicos e privados em prol de uma causa, demonstrando que os resultados são evidentes quando o pensamento é focado no somatório de competências em prol da coletividade e pautados pela, humildade, solidariedade, fraternidade e caridade.


"Para a geração atual deixaremos um belo exemplo de altruísmo, desburocratização e reinvenção. Para as futuras gerações como herança desta crise de saúde e socioeconômica deixaremos um grande legado, através das melhorias dos serviços de saúde pública, com hospitais mais preparados e equipados, otimização de processos e inserção digital e tecnológica para viver neste mundo com um novo normal, que começa agora a ser construído por cada cidadão.", finalizou.


A gravação da LIVE na íntegra se encontra disponível no canal CDL Play no Youtube através do link: www.youtube.com/cdlplay.

22 visualizações
Acompanhe nossas Redes Sociais:
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube