Buscar
  • Comunicação CDL Itaúna

NOTA OFICIAL


O Comitê Extraordinário Covid-19 definiu nesta quarta-feira (30/12) que as regiões Centro e Oeste de Minas Gerais passarão para a onda vermelha do Minas Consciente. Com a determinação, 9 entre as 14 regiões do estado estão na onda mais restritiva do plano de retomada segura da economia.


As medidas reforçam orientação dos integrantes do comitê, que pedem cautela à população e destacam a necessidade de os mineiros fortalecerem as medidas de distanciamento social e de prevenção, especialmente durante o Ano Novo.


Na onda vermelha, a mais restritiva do Minas Consciente, em que somente os serviços considerados essenciais são permitidos, como:


- Supermercados, padarias, lanchonetes, lojas de conveniência;

- Bares e restaurantes (somente para delivery ou retirada no balcão);

- Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros;

- Serviços de ambulantes de alimentação;

- Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop;

- Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito;

- Vigilância e segurança privada;

- Serviços de reparo e manutenção;

- Lojas de informática e aparelhos de comunicação;

- Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões;

- Construção civil e obras de infraestrutura;

- Comércio de veículos, peças e acessórios automotores.


Sabemos que o Município de Itaúna aderiu ao programa Minas Consciente. A Prefeitura Municipal, poderá pedir a exclusão do Município do programa e decretar de acordo com as convicções do Prefeito, conforme exposto pelo Secretário de Desenvolvimento em mensagem de áudio ou manter o Município no Minas Consciente acatando as diretrizes do governo estadual ou ainda, ratificar a recomendação, sendo mais restritivo e determinar também o fechamento dos serviços não essenciais.


Aguardaremos comunicado oficial do Prefeito, para nos esclarecer qual o caminho que seguirá.


Cabe esclarecer que a decisão do Estado, de orientar a Macrorregião OESTE para a ONDA VERMELHA, mesmo estando esta região com 18 pontos (ONDA AMARELA), certamente é em função de a linha de corte serem 20 pontos. Ou seja, enquanto macrorregião estamos muito próximos da zona de risco e o estado certamente está procurando ser previdente neste aspecto.


Portanto, a ACE e CDL-Itaúna estão aguardando um posicionamento oficial da Prefeitura Municipal de Itaúna para prestar mais informações e verificar possíveis ações para seus associados.


Atenciosamente.

412 visualizações0 comentário