top of page

Gastos com turismo crescem 95% em 2022


O turismo, um dos segmentos que mais sofreu com a pandemia, fechou 2022 com aumento de 95% no consumo e de 55% na quantidade de transações (na comparação com 2021), segundo levantamento do Itaú Unibanco e da Rede. Considerando apenas os gastos relacionados ao setor fora do país, o aumento foi de 253% no total gasto e de 268% nas operações.


Após trimestres seguidos de altas consideráveis na retomada do segmento após o fim das restrições causadas pela pandemia, o setor segue crescendo, mas em patamares menores. No 4º tri de 2022, onde já se observa o efeito das férias de verão, houve aumento de 37% na quantidade transacionada no segmento, e de 22% nas receitas (na comparação com o mesmo período de 2021).


Os estados de Goiás, Maranhão e Minas Gerais tiveram os maiores aumentos no volume de transações ligadas ao turismo nos últimos meses do ano, de 36%, 34% e 29%, respectivamente. Considerando todo o país, os ramos com os maiores crescimentos no volume de operações foram hotéis (+82%), aluguel de automóveis (+70%), lojas de aeroportos (+59%), agências de turismo (+57%) e companhias aéreas (+45%).


Os dados fazem parte do relatório Análise do Comportamento de Consumo, que trimestralmente traz um panorama dos gastos dos brasileiros – uma análise feita com base nas compras realizadas com cartões do Itaú Unibanco, nas vendas realizadas nos sistemas da Rede, empresa de meios de pagamentos do banco, e pagamentos via Pix (de CPF para CNPJ).


FONTE: VAREJO S.A

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page